Blog

Florianópolis: Oportunidades de Investimento Imobiliário para Estrangeiros

Publicado em

Para o estrangeiro que deseja adquirir um imóvel em Florianópolis, para desfrutar da qualidade de vida, viver de forma mais saudável ou simplesmente investir visando retornos financeiros a médio/longo prazo, essa cidade é uma excelente escolha. Florianópolis é reconhecida pela qualidade de vida, ocupando o 3º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, com um valor de 0,833 (Atlas Brasil). Além disso, possui a 2ª menor taxa de desemprego do país e é o 2º município brasileiro mais competitivo, segundo o ranking do CLP (Centro de Liderança Pública), ficando atrás apenas de Barueri (SP). Como capital de Santa Catarina, Florianópolis é vista como a mais empreendedora e inteligente do país, com um setor de tecnologia em crescimento que impulsiona a economia local, incluindo a construção civil.

 

Esses fatores tornam a cidade uma excelente opção tanto para investimento quanto para moradia, especialmente para estrangeiros. Os indicadores econômicos de Florianópolis podem ser facilmente comparados com os de muitos países europeus, e a cidade oferece uma cultura acolhedora, uma abundância de natureza e um mercado imobiliário em constante valorização. Em 2023, Florianópolis foi a 4ª capital brasileira com maior aumento na valorização imobiliária, sendo na região sul/sudeste a mais valorizada (FipeZAP).

Para um estrangeiro comprar um imóvel no Brasil, não é tão complicado, mas requer atenção e suporte ao cliente durante todo o processo. É importante lembrar que os prazos podem variar e imprevistos podem ocorrer. Transmitir segurança ao estrangeiro e estar presente em todas as etapas do processo são diferenciais que podem estabelecer uma relação duradoura.

 

Para adquirir um imóvel, o estrangeiro precisa ter:

  • CPF válido e, se casado, o CPF do cônjuge.
  • Para o registro, são necessários documentos como certidão de nascimento traduzida por um tradutor juramentado e registrada no consulado brasileiro,
  • Passaporte,
  • RNE (Registro Nacional de Estrangeiro) e
  • Comprovante de residência (que pode ser de outro país).

 

Ao efetuar o pagamento, é aconselhável que o comprador realize a transferência diretamente ao vendedor para evitar custos adicionais relacionados a transferências entre contas bancárias. É fundamental também orientar o cliente sobre os impostos envolvidos na transação, como o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), as taxas cartoriais associadas à aquisição do imóvel e a necessidade de declarar a propriedade no imposto de renda ao final do ano fiscal. A incidência de Imposto de Renda ocorrerá somente se o imóvel for alugado no Brasil, mensalmente, e no momento da venda, caso haja ganho de capital.

 

Caso o estrangeiro possua visto permanente ou temporário de pelo menos 2 anos, ele pode solicitar financiamento em um banco nacional, com possibilidade de financiar até 80% do valor do imóvel e prazo médio de 30 anos para pagamento, com taxas de juros em torno de 10% a 12% ao ano.

 

A venda de imóveis para estrangeiros é uma experiência profissional única. É essencial compreender a cultura do cliente, respeitar suas preocupações e atendê-lo de forma transparente para garantir uma venda bem-sucedida e construir uma relação profissional duradoura que pode transcender fronteiras em sua carteira de clientes.

Não é por acaso  que a imobiliária BM Florianópolis, está ao seu lado nas mudanças da sua vida!

 

 

 

 

Posts Relacionados

    São José: Prepare-se para os Lançamentos Imobiliários de ...

    Leia mais

    São José: O Investimento Seguro em Ascensão

    Leia mais

    A Cidade de São José: O Endereço Certo para Quem Busca Qu...

    Leia mais